Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Drogas

Ao olhar em cada rosto
Fico a imaginar
Quantas histórias de vidas
Quantas lembranças
Que precisam ser esquecidas.

Ouvindo cada depoimento
Respostas que vem ao pensamento;
Porque muitos a ela vão socorrer.

Uns querem da vida esquecer
Outros buscam nela uma saída
Uns desejam superar a dor
Outros esquecer um amor.

Há os que nela buscam paz
Outros vencer sentimentos
Uns querem a inserção social
Enfim, todos por algo a elas socorrem
Só que no final.
Tornam-se vitimas deste mal.

A droga é uma ilusão
Ela não cura, não resolve
Não integra, nem provoca alegria
Somente engana,
Ela é uma grande mentira
Uma mera fantasia
Que adoece ainda mais os sentimentos,
Provocam feridas profundas
E cicatrizes dela oriunda.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 29/05/2005
Reeditado em 22/01/2011
Código do texto: T20508
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219564 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:25)
Ataíde Lemos

Site do Escritor