Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




E agente bebe mesmo
Entorpecendo o vazio
Pra esquecer
vagueando a ermo

e tenta achar
nas vielas do vácuo
na vida alguma graça
revendo tretas compensar

porque amanhã
não tarda é outro dia
a gente volta a viver

e viver o que não presta
ontem tragado na pressa
é uma desgraça

nesta vida que
rever o que trago
só faz comprometer

fingir que a gente
bem lida com a lida
é forte e que tem raça

mais amanhã a gente
encontra a mágoa que sente
volta pra beber

Entre linhas Edimo Ginot + Deth Haak
“ Poetisa dos Ventos”

Leitura recomendada, RISCANDO VERSO HOMENAGEM a “Mario Quintana
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 31/07/2006
Código do texto: T206030
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65374 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:00)
Deth Haak