Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMADORES DE CONSCIENCIA


É necessário formar consciência,
Para não calar a voz do poeta,
E fundamental gritar a nação
Para nascer essa exigência.

E preciso aflorar nova esperança,
Para o poeta sonhar,
E o leitor acordar em reflexão,
Se uma porta fechar, outras se abrirão.

E indispensável á literatura,
Buscar coisas escondidas,
Como: desigualdade, corrupção,
Escravidão e até amores não correspondidos.

E obrigação do poeta,
Incomodar, ver, agir e julgar,
Ter esperança, e se questionar,
Onde passos nossos, vão chegar?

Sabemos que é difícil
Cumprir cada verso,
Nesse sistema desenfreado,
Quase tudo está mal equilibrado.

E o poeta ainda esperando,
Em suas quadras martirizando,
A estrofe vai compondo,
E seu ego, caminhando.

Pensa no amor...
Na dor do irmão...
Nos fracos e nos fortes,
Na paz e na guerra de cada nação.


Tem boca muda...
E sabe falar...
Nas ondas das frases
Deixa-se navegar.

Pergunta e se questiona,
Se, pode sonhar?
Nesse sistema de desigualdade
A onde isso tudo vai parar?

Acredita novos dias virão,
Muito tempo não dura a mentira,
Se a politicagem e a igualdade
Não se comungar...
Leões enjaulados vão se criar,
E todo esse paraíso...
Pode se acabar...






Alci Santos Vivas Amado
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 31/07/2006
Código do texto: T206171

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 71 anos
238 textos (31008 leituras)
2 e-livros (136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:41)
Alci Santos Vivas Amado