Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHUTA A BUNDA DESSE VELHO APOSENTADO IMPRESTÁVEL...

CHUTA A BUNDA DESSE VELHO APOSENTADO IMPRESTÁVEL...

(ou,aposentado deveria morrer)

Parece mentira...o aposentado nunca foi tratado com tanto desprezo e tanta falta de consideração.Nunca um governo maltratou tanto essa  classe historicamente sofrida.Primeiro,quando se diz que o aumento do aposentado contribui com o déficit público,fico sem entender.Pelo que me consta,o pagamento de pensões,aposentadorias e outros benefícios devem ser pagos com recursos captados pela previdência,na classe trabalhadora durante os anos em que o contribuinte estava no mercado de trabalho.Podem alegar que outros governos sangraram a previdência desviando recursos para outros setores,e que o INSS está deficitário.Ora,o governo tirou dinheiro de tudo e de todos para quitar as dívidas externas,se tornando o “ good boy” do Bush .E nós?Farinha pouca,meu pirão primeiro,ou seja; o tal do Lula deveria primeiro acertar as contas que envolviam diretamente setores internos vitais ao nosso povo.Depois,partiria para o segundo sacrifício que era pagar aos credores para os quais durante toda  a vida dele de fiscal da natureza,pregou o calote.Olha,governo socialista e igualitário igual a este,o diabo c...a  em dúzias.

Olha,se derem uns 50 anos de cultura para o presidente analfabeto,será um clone perfeito do FHC.A única diferença seria o dedo.

 

 

Governo editará nova MP reajustando aposentadorias em 5% (jornal O DIA)



Brasília - O governo decidiu deixar caducar a medida provisória que reajusta em 16,67%as aposentadorias de valor superior a um salário mínimo pagas pela Previdência Social e editar uma nova MP concedendo aumento de 5%, conforme proposto inicialmente.

Esta foi a saída encontrada pelo governo, já que vem enfrentando dificuldade para votar na Câmara a MP que perderá a validade no dia 10 de agosto. O PT tem obstruído as votações desde o dia 7 de junho.

A legislação proíbe a reedição de MPs, mas os deputados governistas avaliam que nenhum partido, mesmo de oposição, irá recorrer ao Supremo Tribunal Federal contra uma medida provisória que dará um benefício aos aposentados, ainda que em reajuste menor.

Enorê Rodrigues
Enviado por Enorê Rodrigues em 02/08/2006
Código do texto: T207553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enorê Rodrigues
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
123 textos (11884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:26)
Enorê Rodrigues