Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha poesia

Estou aqui, tantas vezes,
me escrevo e reescrevo,
na poesia simples me descrevo,
tento até mesmo no silêncio,
quando penso que me desvio,
quando não sei bem onde estou,
quando a lugar nenhum vou,
nas vezes que me desconheço
é aqui que me reencontro.

Despojada da sanidade,
não quero ser racional,
não quero ser igual,
quero ser o que sou somente.
Acredito, choro, sonho,
vivo, amo, sofro.
Me sinto um rabisco,
esboçado num canto do papel
em linhas que se movimentam,
que formam e se transformam.

Aqui tento de mim contar,
tento o que penso falar,
tento deixar o real mais belo,
tento ser um ombro amigo.
Na palavra distante quero tocar,
quero fazer refletir,
quero  deixar um pouco de paz ,
se conseguir então serei feliz.

Ainda falo de mim,
no relevo do papel
a minha poesia é fiel
a cada momento que vivi.
LuRubia
Enviado por LuRubia em 04/08/2006
Reeditado em 28/05/2010
Código do texto: T209337
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
229 textos (8236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:02)
LuRubia