Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA CAIPIRA


Tenho do tempo que me resta
Tenho saudades de minha pressa
Tenho um pouco de conversa
Mas nada neste solo que me interessa

Tenho saudades do sol que me aquece
Tenho um campo de promessas
Das histórias mais distantes
Faço da lua minha prece

Tenho um pouco de coragem
E falo um pouco de amor
Faço as estrelas minha homenagem
De saudades em poucos versos conto minha dor

Senti pena daquela terra quando a vi
Pensei comigo: “Meu Deus, o que fizeram daqui”
Não vejo mais a lua, nem canta mais meu sabiá
Fizeram uma rua, e não ouço seu cantar

Sou caipira desalmado, de meu canto fui privado
Tenho agora um coração alado, não pego nem mais em meu arado
Vejo a noite erguer as luzes, das ruas e das casas
Só pergunto ao meu Deus: “onde estás o meu reino encantado”

Daykon
Enviado por Daykon em 05/08/2006
Código do texto: T209587
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daykon
Santa Fé - Paraná - Brasil, 33 anos
46 textos (1217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:21)