Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O Rio


Tento, esforçosamente ...

retomar o curso do rio,

mas a torrente caudelosa,

impele-me, impetuosa,

contra a agrura das margens!



Ergo-me! Por entre os calhaus,

Rolados na indiferença,

No despeito cruel,

Desta vida tão nefasta,

com sabor amargo de fel!



Meu espirito, desiste!

Meu corpo, presiste,

e resiste,

E á alma mantém-se,

fiel!


Abato-me, nos rápidos,

em movimentos incautos.


E, apesar de me reter,

desesperada, e sangrenta,

evitando o destino da corrente,

que me arrebenta,

sei que meu fim,

está escrito, e circunscrito,

e não o posso evitar.


Também eu,(oh! que ironia!)

Hei-de, por certo, um dia,

ir desaguar ao Mar!!.

Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 06/08/2006
Reeditado em 31/05/2010
Código do texto: T210192

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:04)
Aguarela Matizada