Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INQUIETUDE

Minha alma pula, grita, se agita.
Quer sorrir, quer chorar,
quer conhecer, quer merecer.
Porém, nada pode.
Está fechada.
Sufocada.
Destruída.`
Por quê?
Longa história...
Que, aliás, ninguém quer saber.
Mas ainda restam forças,
vontade, coragem, atitude,
INQUIETUDE.
Menina de Rio Doce
Enviado por Menina de Rio Doce em 06/08/2006
Reeditado em 06/08/2006
Código do texto: T210601
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Menina de Rio Doce
Olinda - Pernambuco - Brasil, 33 anos
36 textos (2884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:27)
Menina de Rio Doce