Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FÁBRICA DE SONHOS


Daqueles escondidos, dos puros
Somos fábricas de sonhos
Funcionando na luz e no escuro
Vinte e quatro horas de ilusão
Vinte e quatro horas na mesma prisão
Sofrendo da mesma paranóia

Daqueles viáveis, dos idiotas
Somos depósitos de planos
Somos bonecos de pano
Deixando-nos levar pelas águas rasas
E sujas do egoísmo
Fantoches esfarrapados das circunstâncias
Brinquedos brincando de liberdade

A mesma lama nos formou
O mesmo ar nos enche os pulmões
O mesmo planeta como lar
O mesmo sol, o mesmo mar
O mesmo sonho distante de paz
Felicidade, eternidade

Daqueles "impossíveis", dos realizados
Somos fábricas de sonhos
Vencidos e reciclados
Acontecidos e reformulados
Somos fábricas de esperança
E aprendemos quando crianças
Que podemos estar caídos
Mas nunca derrotados
Alex Steinhorst
Enviado por Alex Steinhorst em 06/08/2006
Código do texto: T210742
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Steinhorst
Cachoeirinha - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
24 textos (748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:26)
Alex Steinhorst