Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCO AMOR VIRGEM!!!

Na imensidão dos céus vejo que
Loucuras de amor por mim ninguém fez

Não quero que me digas: te amo
Quero apenas que fale que o amor entre nós existe
Loucuras de amor...
Quero balde de rosas para meu corpo
Quero deitar em seu colo e ser presa por teu olhar
Quero um mar de corações para que você em mim liberte as emoções
E não mostre apenas suas segundas intenções
Quero uma lua de duas pontas para que me pendure pelas mãos e pés
Quero que o meu amor venha dos céus, desça de uma nuvem para cair na natureza
E mostrar para mim toda sua beleza
Quero também receber um bilhete não dizendo que queres me ver amanhã
Mas que digas que o ontem foi maravilhoso

Uma loucura de amor...
Quero o beijo demorado
Casado com o meu
Não esse rapidinho que se dá sem carinho
Quero o amor de Romeu


Do meu corpo o prazer bem que outro tentou
Ninguém experimentou
Você não me conquistou

Loucuras de amor...
Quero um quarto no rio ao lado para eu mergulhar e te conhecer no fundo
Pra um dia talvez te amar em profundo

Sou poeta
E aos meus olhos não há pressa
A vida me arremessa a esperança
Mas se não achar o amor sonhado estarei casada somente com a poesia
Dela vem a magia do meu viver
Vou crescer e morrer
Mas meu amor ainda há de nascer
Uma loucura de amor
É esperar ele com dor
Quando vou te achar?
Cansei de procurar
Chorar não faço mais
Pois dos dias deixo o tempo na paz
Não faço do tempo meu inimigo, seria loucura
Quero-o como amigo
Vou voando pela vida
Sem querer parar ou voltar
Apenas sigo o meu destino de querer amar.

Loucura de amor...
Quero que seja sol para fazer do teu calor
O descongelamento do meu viver

Serei assim, virgem!
Pobre de mim? Acho que não
Para a falta de amor não tem perdão
Não acho nenhum coração nem perto do meu
O amor do mundo morreu
Quero o amor transparente
Que ele venha desconcertante para mim neste instante
Estou tão carente

Quero amar
Mas meu amor é loucura esperar




www.fotolog.terra.com.br/floraflorida

FLORA DO AR
Enviado por FLORA DO AR em 07/08/2006
Código do texto: T211318
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
FLORA DO AR
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
21 textos (1009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:29)
FLORA DO AR