Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PESADELO


Suor frio invade a cútis,
A consciência martela insistentemente, sem dó.
Emergindo como os rochedos na maré baixa
Os deslizes, culpas atrozes...


Débil, ouço ecos ressonando no vazio...
Idéias confusas,
Rastros perdidos
Atos não praticados.


O amanhã busca a aurora
Que o presenteia sempre.
Em busca dos acertos
Precipita-se a noite intrigante.


Angústia companheira!
No afã do rebate
Torna-se mais íntima e eloqüente,
Enlutando a esperança.

jamaveira

Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 08/08/2006
Código do texto: T211507
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:38)
Jamaveira