Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS GÊMEAS, por você

Um único poema segue adiante,
Nas praias desertas dos meus sonhos.
Na dúvida de um olhar distante.
Palavras a trazer o necessário alento,
Nas noites solitárias e frias.
Só o vento sabe meus segredos,
Ondas revoltas que dentro do peito,
Arremessa minha saudade na ventania.
E se ao receber esta poesia,
Quiser destes segredos compartilhar,
Não olhe somente nas letras,
Pois, minh’alma seguirá nestas linhas.
Com o firme desejo de operar o encanto,
Que no canto de amor de uma sereia,
Em noites passadas resplandecia,
O dividir da magia de um mesmo espaço.
E foi assim que nos traços das poesias,
Fizeste-me prisioneira dos sonhos,
Transformando assim os meus dias.
Num verso terno à esperança,
Para o mágico encontro do nosso olhar.
E se hoje vivo assim a oferecer-te poesia,
Ternos afagos em rimas compostas de amor,
Para a tua alma....tão perfeita para a minha,
É porque recebo de ti o alento dos teus versos,
Que sempre ao vento você acalanta,
Fazendo o oceano de saudade desta mulher,
Que embora viva ainda toda essa distancia,
Deseje guardar no peito a sua mais linda poesia,
E quem sabe um dia poder te ofertar,
O mais puro amor que um dia nasceu,
no coração daquela sereia.

Sônia Ferraz
Serei@SP
15/07/03
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 09/08/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T212719
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:23)
Sonia Ferraz

Site do Escritor