Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

click som
www.luamusical.mus.br/Os_Serranos
_Passa_fora_jaguarada.mid



Cobra cruzeira

Meus irmãos em poesia
o gaúcho ta apavorado
fiquei meio atordoado
vi uma cobra cruzeira
dessas que andam faceira
que se atirou pro meu lado

Como sou meio viajado
pra visitar os irmãos
na minha volta-senti um fincão
vindo de lá..acolá e ali
de pronto senti um piti..
dum bote no meu garrão

Saltei o corpo bem longe
e a cobra se veio a mim
dando um bote-bem assim...
querendo um sangue novo
fiz um gritedo pro povo!!
isto é cobra ou "camoatim"

Senti que era uma cobra
cruzeira com "jararaca"
já véia meia "bruaca"
anda sólita a coitada
dessas cobras mal amadas
que até no olhar ela ataca

Comentei com meus irmãos
dessa tal cobra tinhosa
mete os beiços numa prosa
além de soltar o verbo
tem jeito de cruz credo
metida a ser gostosa.

Procurei o Dr.Conselheiro
muito atencioso-logo vi
me disse- é uma cobra SUCURY
salta fora gaúcho
que está cobra é um bucho
ela não serve pra ti.

Me deu um montão de conselho
como estudioso do assunto
não me quer ver de pé junto
me disse, fique bem alerta
abra o olho amigo poeta
senão tu vira defunto.

Do meu jeito agradeço
a sua boa atenção
vamos nos cuidar irmãos
destas cobritas arteiras
que venham fazer tranqueiras
na nossa arte de criação!!!! 



(Camoatim,minúscula abelha campeira)

Edegar SOARES
Enviado por Edegar SOARES em 10/08/2006
Reeditado em 30/08/2006
Código do texto: T213708

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edegar SOARES
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 58 anos
152 textos (22133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:26)
Edegar SOARES