Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Dia

O Sol nasceu,
O dia amanheceu,
Os pássaros cantaram.
A vida começou,
Então tudo se alegrou.
Aquela alegria,
Era uma fantasia.
Dos meus animais,
Fui cuidar,
E das plantas, cultivar.
Me lembrei do meu café,
E fui tomá-lo olhando o rio Baré.
O rio era encantador,
Porém muito assustador.
Fui tirar água do poço,
Mas tive que pular um esgoto.
Fui andar de cavalo,
É claro, no meio do mato.
Encontrei um gato,
Infelizmente estava machucado.
Começou a anoitecer,
Então tive de me recolher.
Minha sopa fui tomar,
Estava uma delícia a sopa,
A sopa de fubá.
Comecei a sentir sono,
E fui me deitar,
E na minha cama com mantas quentinhas,
Comecei a sonhar.
Gabriel Henrique Melero
Enviado por Gabriel Henrique Melero em 11/08/2006
Código do texto: T214372
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Henrique Melero
Curitiba - Paraná - Brasil, 21 anos
7 textos (264 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:04)
Gabriel Henrique Melero