Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ressaca

Mar revolto, mente vasia

Olhar suplicante, lábios silentes

Ondas nas pedras arrebentam

Pensamentos fluem inconsequentes

Na átrio da lembrança

 Se veste de gala nupcial

A imagem da figura desdita

Aquela que sempre será meu final

Divagm momentos esperançosos

Quando tudo alegria se mostrava

O sorriso ilumina divino semblante

Paixão avassaldora e cruel, brotava

O querer se avoluma, agiganta,

Vontade encrespada imensa

Sai do controle, navega solta

Singra larga, sem licença

Sol forte , aquesce desejos

Água salgada, o doce tempera

Vislumbre da rota segura

No regaço ameno, aportar espera

No sabor da branda brisa

Nuvens do desprêzo tempestuou

Assim da calmaria `a tormenta

O barco do sonho naufragou !



GDaun
Enviado por GDaun em 12/08/2006
Código do texto: T214467

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42989 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:33)
GDaun