Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A gente deita
Pensando no amanhã
E acorda 
Como se fosse ontem!

Não damos valor
As coisas da nossa terra
Louvamos o que é de fora
Mas o café é brasileiro!

A escuridão avança
A guerra é aqui
Batam na minha cara
O coração ainda está quente!

Tenha medo de quem
Não lhe ama
Nem de dia nem de noite
Rosas vermelhas no caixão!

O poema marcha
E você dança
Os pulmões cantam
E a dor traz a lira!

O vento sopra as palmeiras
E o mar tem o gosto
De navios náufragos
E ossos de jangadeiros!

Cruzeiro do sul no peito
Grito de gol na boca
Sonho com o capeta
Marcas da vida!

Quero uma filha deste chão sagrado
Com labios doces e olhos de ceú
A pele queimada de sol
E uma vontade inconquistável!

agosto 2006 
carlos assis
Enviado por carlos assis em 13/08/2006
Código do texto: T215454
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos assis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
3123 textos (126871 leituras)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:57)
carlos assis