Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Das paredes gotejam solidão

Um vasio preenche meu ser

Do nada irrompe o clarão

Sentimento de mais nada Ter

Não Ter o que pensar

Não Ter em que se apoiar

Miséria absoluta da perda

Da perda  não havida

Pois não havia sido possuída

O nada se compraz com o todo

Todo ou nada é apenas semântica

É detestável, não romântica

Sonhos fantasiosos de fracasso

Em momentos sublimes, escassos

Mente vasia

Vida vasia

Um corpo que cai

Uma imagem se desvai

Um agradável sabor

Sabor doce da dor

GDaun
Enviado por GDaun em 14/08/2006
Código do texto: T216055

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:08)
GDaun