Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor


Ai quanto doem, as palavras rasgadas,

Uma dor que não consigo culmatar,

Esta instância é um vazio,

Que me sufoca e amordaça,

Num dolente calafrio!


Por quanto mais tempo,

Esta mágoa imensa,

Este mundo de sombras,

onde me sinto,

irremediavelmente perdida,

suspensa!


Quantos mais suspiros,

Paridos em meu peito,

Nos recônditos de mim,

Exalarei, sem proveito?


Ah Deus! Leva-me quanto antes,

Antes, que eu parta por mim,

Porque para viver a vida, em desamor,

Prefiro buscar eu própria, o fim!!

Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 14/08/2006
Reeditado em 04/03/2010
Código do texto: T216135

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:51)
Aguarela Matizada