Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMARGO


avesso a forma escrevo
meu escrito tácito pontua
verso vaga em meio a linha
arrebata minha rima clara

O afã do meu gesto raro
comtempla o desalento só
meu momento é que é par
da minha aflição singular

neste instante do ciclo
vago desnorteado e lento
atravesso um ponto distante
tudo que buscava antes

mas agora sem rumo
prumo e esquadro
torto sigo de lado
no perfil do meu rosto
AMARGO

ANGELO RONCALLY
Enviado por ANGELO RONCALLY em 14/08/2006
Código do texto: T216421
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANGELO RONCALLY
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
44 textos (2285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:07)