Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Segunda Chance

Na mediocridade dos meus atos
Flutuo como pena
branca leve e doce
varro o céu da insanidade
corroendo meus medos
libertando anseios
sou leve e puro
sujo e louco
como outros
que tambem flutuaram por aqui
deixo então a cura pra minha alma
espalhar-se pelo mundo
enquanto eu a procuro
sigo em frente
pois sei que existem foices
sei que existem flores
sei que existem noites
sei que existem dores
e no beco da sabedoria
existe mais uma saida
e uma segunda chance....
rdeorristt
Enviado por rdeorristt em 14/08/2006
Código do texto: T216425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rdeorristt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
153 textos (5539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:51)