Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PURA CAUSALIDADE

Hoje acordei com o barulho da passeata
que pedia a justiça da garota rica assassinada.
Os gritos clamavam por uma estranha reparação:
que a triste morte da menina,
servisse de exemplo para a nação,
E que regredissemos à antiga lei do Talião.
"Olho por olho, dente por dente"
Eis o pedido da manifestação.
 
Ao ver de minha janela,
toda aquela agitação,
Logo percebi a armadilha por trás da manifestação,
Que somente clama por reparação,
na morte de alva e rica representante da nação.
Iludindo os atrofiados olhos da população,
 
Estes, já não enxergam mais os seus,
morrendo diariamente,
esquecidos nas periferias,
feito indigentes,
sem helicóptero, TV ou manifestações
a clamar pela justiça de suas execuções.
Pobres e negros, também gente,
Que morrem sem honras ou canções.
 
E estes,
que estão por trás das manifestações,
gritam e choram à procura das razões,
de tamanha violência,
que os tiram de suas mansões.
 
Não enxergam que o mundo que criaram
é sucesso de crítica e público.
E até mesmo os excluídos já o adotaram
seguindo o lema do ter como valor único.
 
Todos querem ter um carrão
com uma anoréxica ao lado,
Todos querem Uma casa de verão
e um "apê" todo equipado.
Todos querem um celular de última geração
e um Óculos Armani espelhado.
Porquê os excluídos não?
 
Sim, eles também querem ter!
Só que deram o azar de nascer
justamente onde ninguém quer ver.
Nos morros e favelas,
campos e sertões,
empurrados para bem longe de suas parcelas,
Onde estes poucos cuidam dos bilhões
 
Oras, porquê?
Insiste a irritante pergunta burguesa.
Hipócritas, fingem não ver a causalidade,
em sua mais pura simplicidade:
a lei da ação e reação.
 
Mesmo dentre os animais,
no seio da natureza,
quando estes são acuados,
urge o instinto de auto-defesa.
e contra a natureza,
não há Talião que aguente,
O tal do "olho por olho, dente por dente",
Jamais resistirá a pura causalidade,
Sempre premente.
Roger Beier
Enviado por Roger Beier em 15/08/2006
Código do texto: T216973
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roger Beier
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
44 textos (4905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:51)
Roger Beier