Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem destino sigo eu, longe
vou... sigo ao longo deste horizonte
Onde as luzes se apagam sem sentido,
Ofuscadas se transformam em passado
imersas nas areias de nunca mais,
adormecidas na lembrança que me traz
que agoniza nesta muda emoção
nesta voz que antes era canção.

Formam-se ondas neste mar revolto,
misturadas às lágrimas salgadas deste pranto,
me acolhem em seu abraço frio,
me resgatam em gotas de silêncio,
sepultam palavras esquecidas
impregnadas nas profundas feridas,
Ele me traga no avesso dessa dor,
me corta, fere e sangra o que antes era amor.

LuRubia
Enviado por LuRubia em 15/08/2006
Reeditado em 27/05/2010
Código do texto: T217377
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
229 textos (8236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:20)
LuRubia