Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCE MULHER


NOS SONHOS A  CORES
 
    ME  VEJO EM  DISSABORES

TINHA  ILUSÕES  ,
 
    SONHEI EM VÁRIAS DIMENSÕES

O MAIS PROFUNDO ENCANTO,

    DESALENTO ENTRETANTO

DA VOLÚPIA,   A ÂNSIA,

    A  LEVEI  À  INTOLERÂNCIA

SENTIA TODO PROSA

    EM MEU SONHO COR DE ROSA

DO AZUL AMOR,

    SEU INDISPOR,

COM  TODO ARDOR

    A PAIXÃO VERMELHA,

SEU ÓDIO ASSEMELHA

    DO DESPREZO AVILTANTE,

A VERGONHA AMARELA  É  FRAGRANTE

    ALMA ROXA DA REJEIÇÃO,

PROSTRADO À SUJEIÇÃO

    VERDE A ESPERANÇA

DE MINHA MENTE CRIANÇA

     CINZA ACABOU FICANDO O DESEJO,

ASSIM DE LAMPEJO

    NEGRO É MEU DESTINO,

ENORME PAIXÃO, É DESATINO
 
    MARCA A NÓDOA NA BRANCURA

DE UMA COSNCIÊNCIA OBSCURA.


GDaun
Enviado por GDaun em 16/08/2006
Código do texto: T217556

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:10)
GDaun