Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia,insaciável como toda arte


              De tudo que nos foi inspirado
              Entre o sentir e o falar,
              Outro degrau é alcançado
              E um novo se irá galgar.


              Ninguém poderá completar,
              Sentir-se tão realizado,
              Como assim fazer findar
              O sonho,afinal concretizado.


              A arte é meio sem fim
              Do que não se pode conter.
              Existem poemas em mim
              Que não poderei escrever.


              Tal pesar proeminente
              Dos ditos poetas rouba a calma,
              Pois a obra,a mais eloqüente
              Não lhes pode traduzir a alma.
             
             
Heli Paula
Enviado por Heli Paula em 16/08/2006
Reeditado em 16/08/2006
Código do texto: T218241
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Heli Paula
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
225 textos (9589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:19)
Heli Paula