Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terror

Relógios, ponteiros, horas
Vejam que liquidação
Sombras nos cobrem do terror
Unhas arranham nossas faces
Depois que as roemos
Com medo dos monstros
Que estão soltos em qualquer parte

Palafitas, trapiches, barracos
Filhos da mesma mãe
Filhos da mesma agonia
Debaixo da terra
Os ossos se reviram
Se escondendo do terror
Dos seqüestros, dos assaltos

Estamos em um jogo de boliche
Infelizmente nós somos os pinos
Estamos caindo um a um
A vida não é mais proporcional
Os dias estão acabando
Então aproveitemos
Comemoremos, amemos
Antes que o jogo acabe
E aconteça um "strike"
Jonny Souto Maior
Enviado por Jonny Souto Maior em 18/08/2006
Código do texto: T219172
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonny Souto Maior
Bezerros - Pernambuco - Brasil, 26 anos
15 textos (437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:37)
Jonny Souto Maior