Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE NOITE !?!

Preciso esmagar essa noite,
                                      besta noite,
                                      que traz uns caracóis roxos.
 Ateus,
 sábios,
disputam luares sem brilho.

O olhar mais refinado é de um barroco estúpido,
mãos e bocas trêmulas dizem: salve o nada,
                                      é dado o instante fatal,
                                      deliremos num último afã da verdade.

Um velho corvo me espreita à porta da Catedral,
                                     mais adiante, no átrio, solitário, adormece o galo da madrugada,
                                     padres e pastores dançam entre demônios,
                                     não há mais nem gelo nem fogo,
                                     a grande noite, a triste noite, avança como vulcão indomável.

Preciso, sim, esmagar essa noite.

Cervantes e Dante traçaram os arquétipos,
                                      Dom Quixote não é o Leviatã,
                                      o Purgatório é ilusão dos espertos,
                                      moinhos de brasas arrancam memórias,
                                      dilaceram sonhos, turvam reflexões.

Caem dos céus gotas de um sangue espetáculo,
                                      afogam almas,
                                      derretem o sol,
varrem dos Espíritos as canções de Libertação.

Preciso esmagar essa noite.

O José de Drummond se enredou nela,
                                       nem Ulisses,
                                       nem Tirésias,
                                       nem Teseu,
                                       nem coisa alguma,
trazem de volta o que essa noite nos rouba.

Talvez Espinosa,
talvez Nise com suas cartas,
talvez a genialidade de Jung,
talvez a ousadia paulina, possam clarear um pouquinho as veredas.

Preciso, urgentemente, esmagar essa noite,
                                     esmagar essa noite,
                                     esmagar essa noite.


Ary Carlos Moura Cardoso
Enviado por Ary Carlos Moura Cardoso em 18/08/2006
Reeditado em 03/12/2009
Código do texto: T219202
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Normal.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ary Carlos Moura Cardoso
Palmas - Tocantins - Brasil
1002 textos (256420 leituras)
1 áudios (293 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:54)
Ary Carlos Moura Cardoso