Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

novo poema

Escreveria poemas de amor se soubesse.
Mas ninguém me ensinou a amar.
Eu poderia falar sobre seus mistérios,
Mas eu não sou privilegiado de uma boa língua.

Eu posso tentar falar das cavernas
Mentirosas que existem nos seus olhos.
Eu com certeza consigo esquecer das
Minhas mãos tentando tocar no teu corpo.

Eu gostaria de falar sobre o ódio, a raiva.
A angustia e o desespero que você causou
Quando disse que não precisava mais de mim.

Desculpe-me, mas ainda não consigo
Tirar a espada da traição que Você cravou
Firmemente no meu peito, saiba que todos
Os dias ela me machuca, apesar de enferrujada.

Mais do que nunca eu não sei o que
Fazer quando estou a te olhar.
Então não espere poemas belos,
Pois agora eu estou só ate odiar.
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 18/08/2006
Código do texto: T219208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:01)
Edmir Junior