Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDA SECA

Como planta que murcha
pela seca a maltratar
assim vivo eu neste mundo
sem ninguém para me regar

Tentei saciar meu coração
com chuvas de ilusão
cada vez mais me sentia
num deserto de solidão

Fui perdendo minhas forças
deixei-me cair semimorta
num abismo de desesperança
onde nada mais importa

Presa neste tormento
sofrendo todos desenganos
inundo-me em minhas lágrimas
já não sei há quantos anos

Abandonada a este sofrimento
trancada na minha dor
bebo o suco do meu pranto
para saciar meu dissabor

Célia Jardim
Célia Jardim
Enviado por Célia Jardim em 18/08/2006
Reeditado em 19/12/2007
Código do texto: T219299

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia Jardim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (43816 leituras)
19 áudios (1387 audições)
9 e-livros (765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:08)
Célia Jardim