Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Risca-faca

Risque a faca, chame pra briga
Cuspa no chão, coçe a barriga
Provoque, chute, chegue perto
Dê uma de machão, seja esperto

Há gente que se afrouxa, tem medo
Há outras que de medo, se cagam
Não seja frouxo, nem arremedo
Saiba que os seus não se apagam

Se deres um boi para fugir
Doe toda a boiada para ficar
Se é para com a onça bulir
Na testa do diabo é só beijar

Risque a faca, cuspa fogo
Tome pinga, meta medo
Fale grosso, entre no jogo
Se não der, cague azedo...

(Para os amigos da Oficina Literária, Maria Limeira, Pisoler e quem não foge da raia)
Rogério Viana
Enviado por Rogério Viana em 03/06/2005
Código do texto: T21958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Viana
Curitiba - Paraná - Brasil, 68 anos
190 textos (43283 leituras)
2 e-livros (8648 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:36)
Rogério Viana