Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER CANDIDATO


Em época de eleiçao

Em casa de candidato é correição

Pedidos de contas à pagar

Água, luz, telefone, receita à aviar

Combustível para o carro

Botijão de gás, da comida o preparo

Em casa não tem o que comer

Uma cesta básica,  a fome atender

"estamos com frio, por favor,

me arrume um cobertor "

cimento, pedra e cal

fazer um puxadinho, é essencial

é uma tremenda loucura,

tem pedido até de dentadura.!

Os pedidos são muitos , e então?

O candidato acha que é solução!

Compra voto, assume compromisso

O dinheiro é meu, ninguém tem nada com isso

Pare para pensar, cismar é hora

Como repor essa grana

Ninguém joga dinheiro fora

De alguma verba vair sair

Da educação, da merenda,

Da saúde ou obra super faturada.

Corrupcão,

isso não é nada.

É APENAS CONVERSA FIADA.

É INTRIGA DA OPOSIÇÃO!

GDaun
Enviado por GDaun em 19/08/2006
Código do texto: T219826

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:54)
GDaun