Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se tenho que morrer...
Tere Penhabe

Se tenho que morrer,
que seja por amor
que não deixe ilusão
tampouco alguma dor.

Que me cubram de rosas
no último momento
eu não quero as tulipas
muito menos os crisântemos.

Se tenho que morrer
que seja em grande estilo
que não me guardem nunca
porque eu ainda vivo.

Que não chorem por mim
sequer por compaixão
e jamais sintam pena
quem pede é o coração.

Se tenho que morrer
que eu não deixe mágoas
que leve as saudades
as mesmas que ficarem.

Que não sintam por mim
a vida é sempre bela
não há o que lamentar
só porque chega ao fim

Se tenho que morrer
que seja assim alegre
do jeito que eu vivi
com o que eu consegui.

E se quiserem, escrevam
algum dia sobre mim
aqui jaz quem amou
amou até o fim!!!

Itanhaém, 26.10.2003
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 20/08/2006
Código do texto: T221121

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25822 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:04)
Tere Penhabe