Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Claustrofobia.




Proponha-me esse absurdo.

Delírio, face e outro mundo.

Neste ponto onde o desuso,

Fez de uma reflexão lógica,

O florescer da intensa paixão.


Um então, argumentando o ser.

Por um desequilíbrio uníssono.

Quanto gemido, e como prazer.

De todas essas coisas restritas,

Induzidas no que parecia ter.


Um tanto de fato, ao acaso.

Se, no beijo, vejo o abstrato.

Fugir-me a intenção do ato.

Entraria em sim. Se a dor,

Do coração fizer o abraço.


O estalo da base do compasso.

Nesse sentimento sem espaço.



Gerson F Filho
Enviado por Gerson F Filho em 22/08/2006
Código do texto: T222569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gerson F Filho
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 59 anos
352 textos (8646 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:34)
Gerson F Filho