Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

r. joão saraiva - uma visão possível

à porta da fábrica de sonhos
fungos
gritam à espreita
de um lugar para respirar

em frente toupeiras
de sombra
de sombra colada na parede
fumam restos de tempo

abutres para cima
e para baixo
bem arranjados finamente
penteados para cima
e para baixo
comem almas de ratos penados

escondido
pela máquina dos selos
está um poeta
a dizer de cabeça
poemas obscenos
aos corpos das mulheres que passam


Luís Abreu
http://luisabreu.resolucaoinfinita.com
Luís Abreu
Enviado por Luís Abreu em 22/08/2006
Código do texto: T222924
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luís Abreu
Portugal, 43 anos
19 textos (502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:46)
Luís Abreu