Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM OU HOJE ?

Acordo com a boca amarga

Olhos parecem nem querer abrir

Sonolência insistente

Corpo por demais dormente

Já nem me lembro se bebi

Sinto sêde e a lingua pastosa

Dor de cabeça dói

O coração magoado se destroi

Não consigo lembrar de nada

Não atino com que aconteceu

Me sinto atordoado

Mente enevoada, pensamento atrofiado

Devagar a névoa se dissipa

Aos poucos passo a lembrar

Costela dura que nem ripa

Por que fui churrasquear

Foi convite de amigo pretenso

Fala mansa e convincente

Programa de govêrno de bom senso

Idéias à população carente

Proposta de tudo melhorar

"comigo" o povo vai governar

as portas estarão abertas

nada mais de coisas incertas

para todos, transporte de qualidade

não haverão aumentos na cidade

todos terão de tudo, podem apostar

mas para isso, em mim têm de votar

carne dura , como a vida

cachaça de má qualidade

promessas já ditas e falida

só faltava autenticidade !




GDaun
Enviado por GDaun em 23/08/2006
Reeditado em 19/09/2006
Código do texto: T223169

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42991 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:00)
GDaun