Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SER NA CALÇADA

OS RESTOS DE PÃO SUSTENTAM ESSA VIDA,
SUSTENTAM ESSES PASSOS.
O RESTO DE TUDO É ESPERANÇA SENTIDA,
PROCURA DE ESPAÇO.

CATANDO COMIDA, PEDINDO ESMOLA, QUERENDO CARINHO,
OLHANDO ESSE SER PAREÇO MORRER SEM VER UM CAMINHO
E PASSAM OLHOS TRISTES E OLHOS ALEGRES...
PESSOAS VAZIAS,
MAS PASSAM NUM SOPRO, NUM GALOPE LOUCO,
EM BUSCAS SOMBRIAS.

O SER NA CALÇADA NUM SOLUÇO ENTENDE
QUE NÃO HÁ MAIS NADA.
NÃO HÁ FANTASIA, NÃO HÁ POESIA,
NÃO HÁ MAIS SENTIDO NO PÓ DO SEU DIA.
Maria Maria
Enviado por Maria Maria em 23/08/2006
Código do texto: T223386
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Maria
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
49 textos (2009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:05)