Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser poeta é...

Poeta é sonho trocado,
roubado a criança a dormir,
poeta é grito calado,
é choro cansado
de tanto sorrir.

Poeta é sol que desponta,
que conta histórias de amor,
poeta é mal que se afronta
se cala e desmonta,
jogral sem valor.

Poeta é seiva de cravo
com travo e aroma de mel,
poeta é arrufo de bravo
palhaço sem chavo
cadela fiel.

Poeta é bola de trapo,
ganapo a brincar no jardim.
Poeta é vintém é farrapo
que tapo e destapo
com pena de mim.

Poeta é sal que tempera,
espera dum mundo melhor.
Poeta é fumaça é quimera
que na Primavera
derrete ao calor.

Poeta é canção, é cometa,
violeta do meu beiral,
Poeta é ralé, é valeta,
arlequim, silhueta
no bem e no mal.

Poeta é brilho que cega,
 entrega  na solidão.
Poeta é mal que se pega
Só vale quando esfrega
o seu coração.

Fui ver
O poeta
Morrer.

Abri seu testamento.
Sem trocados,
nem legados
nem lamento
deixou uma mensagem:

“Amigo.
Vou de Viagem.
P’ra estares de bem  contigo
recusa o teu abrigo
e toma a carruagem.”
Manuel Paulo
Enviado por Manuel Paulo em 23/08/2006
Código do texto: T223628
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Paulo
Portugal
29 textos (688 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:30)
Manuel Paulo