Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus fantasmas

Nunca se fala nos mortos.
Às vêzes em festejos, solenidade, ou por  interesse.
Nao se fala nos mortos porque faz mal.
Não se fala nos mortos, porque talvez  incomodem.


Talvez seja eu, o único que não os esquece,
O único que os carrega noite adentro e durante o dia,
Seus rostos turvos, quase  não dizíveis....


Os mortos estão longe não se prestam sequer a um sorriso, uma boa noite, um beijo...


Mortos não falam Niso;
Eles estão contigo e você caminha sozinho.










Ananda
Enviado por Ananda em 23/08/2006
Reeditado em 24/05/2008
Código do texto: T223716
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ananda
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 65 anos
18 textos (852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:43)