Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Banco de Jardim

Eram três almas bem simples,
Com faces envelhecidas,
Marcadas pelas agruras,
Das venturas, mal geridas!

Num banco de um jardim,
Bem cedo, de madrugada
Lá estavam os dois amigos,
Enquanto o outro, tardava!

Era um Inverno gelado,
Tão inóspito, e cruel,
Mas, no banco isolado,
Tinha ternura a granel.

O mais velho deles todos,
De modos soltos e destros,
Trazia dentro  de ums aco
Nacos de pão e uns restos!

Parecendo um maestro,
Desembrulhava o jornal,
Partilhando o magro pão,
Com  doçura sem igual!

E eu,  feliz testemunhei
Este quadro bem real,
Sou a mais rica do mundo,
Pois vi Jesus, afinal!

(relato veridico, presenciado pela autora)
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 24/08/2006
Reeditado em 04/03/2010
Código do texto: T223933

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:01)
Aguarela Matizada