Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUÍZA

Luíza,
Ainda cresce no ventre materno
E já lhe jura amor eterno,
Quem a felicidade divisa.
Quem, pra lá do meio do tempo da vida,
Com coração sereno,
Orgulhoso, alegre, feliz....
Aos quatro cantos diz:
Vem aí minha neta!
E, envaidecido, não se aquieta,
Nestes versos improvisa
Um canto de amor,
Pra você,
Luíza!
Hegler Horta
Enviado por Hegler Horta em 24/08/2006
Código do texto: T224080
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hegler Horta
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 70 anos
153 textos (6884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:32)
Hegler Horta