Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

'Magnitude Inversa'

Todos somos poetas
Sendo este poeta da rua
Sendo este poeta de "Letras"

   Nã há poemas
   Não há canções

__Verdadeiras ilusões


   Pensar nunca é demais
   Demais é o que pensar

É querendo ser maior
Que um dia alguém caiu
Pondo-se ele no lugar
De Deus esperando
Saber de tudo

Descobrir é o nosso papel;
O problema está em copiar
Dizendo ser o "inventor"

   A vida é de cada um
   Cuidar dela é vital

Mas mesmo sendo poetas
Dizendo-nos entendidos
E sábios,
A vida ainda é curta
E não nos provemos
Eternidade

Mas em nós simples poetas
Resta a migalha da esperança
E se hoje sofro
De incerteza e lembrança
Ainda me resta confiança

E quero ser feliz vendo
Com os olhos da esperança
E enxergando bem a frentre
Minha "grande" herança.
frany
Enviado por frany em 24/08/2006
Código do texto: T224337
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
frany
São Paulo - São Paulo - Brasil
4 textos (175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:21)