Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“Há momentos”



Há momentos
Que tudo parece se perder
Entre as teias da vida e do tempo,
E que nada faz sentido nessa ânsia de viver
Nessa efêmera felicidade.
Que o mundo ao redor ruir-se-á
Diante dos meus olhos,
Esses já sem brilho, sem entusiasmo
Que outrora a outros encantava.
Há momentos
Que minhas qualidades mais intrínsecas
Já partiram sem “aviso-prévio”
E o que antes me era íntimo
Hoje não reconheço mais.
E assim vou prosseguindo
Desejando ao meu coração
Aquela intrepidez de antes
Para se jogar ao abismo, ao desconhecido
Que de alguma forma me cativava.
Há momentos
Que a voz enclausurada em mim
Grita, arranha, rasga
Quer sair
Quer ser ouvida
Entendida!
Quero diferentes sons, cores,
Enfim vida!
E uma vontade sem tamanho
De um dia, talvez, esse coração
Tenha o direito e a capacidade
De voltar a amar.

Paula Souza Castilho (15/08/06)


Paula Aprendiz
Enviado por Paula Aprendiz em 25/08/2006
Código do texto: T225077
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula Aprendiz
Indaiatuba - São Paulo - Brasil, 31 anos
13 textos (570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:52)
Paula Aprendiz