Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO FAÇO POESIA

Onde está a poesia?
Isto, eu não sei responder.
Afinal, sou romancista,
Poesia... é para outra gente.

Não falo dela mas sinto.
A poesia está no ar.
Ao meu lado ela vive,
Vibra e pulsa... veemente.

Se ela é homem ou mulher?
Não sei... Às vezes... Depende.
Mas nos lençóis ou na guerra,
É explosão... é ardente.

No nascer, miraculoso,
Brota, rompendo entranhas.
Saúda a vida num grito,
E pare... mais um vivente.

Até no fim,
Do pó ao pó,
Poesia...
Transcendente.

Por isso não faço poesia.
Deixo-a em outras mãos.
Ela é mesmo coisa etérea,
No papel... não se prende.

(esta poesia faz parte da Coletânea Oficina 20 anos de Poesia, 2005, editada pela Oficina Editores do Rio de Janeiro - www.oficinaeditores.com.br)

Maria Luiza Falcão
Enviado por Maria Luiza Falcão em 25/08/2006
Código do texto: T225237
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza Falcão
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
20 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 21:53)
Maria Luiza Falcão