Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade

Hoje todos os pássaros da minha vida voam de uma vez: deixam-me atônito, mas também sereno.
Essa imensidão de pássaros o que são mesmo? São sonhos, são projetos de vida que a ela se misturam e cravam na alma a vontade e o desespero morno e presente daquilo que não acho.
Dos escombros, as crianças, os mortos. Do jardim a beleza reluzente e infâme que não deixa perdoar.
Volto ao ímpeto da mocidade perdida, ou a impaciêcia crônica dos velhos marujos presos aos seus barcos?
As fantasias já estão descoloridas e a poeira sobe minha cabeça ainda erguida.
Vivi num pequeno mundo como todo mundo.
Djalma João da Silva
Enviado por Djalma João da Silva em 27/08/2006
Código do texto: T226118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma João da Silva
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
23 textos (990 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:43)
Djalma João da Silva