Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ERA DE HERAS


Pátria depravada
Por onde andará teu peregrino
Entre todas foste a mais idolatrada:
És gigante em sonhos de menino.

Em tuas entranhas o fogo habita
A ferida da tua carne jorra em cio
Floresce a cristalina semente da ita
Que terral, dormita na cama do rio.

O amanhã vislumbra uma nova era de heras
Sob lâmina de foice cultivada
Mensageira do ódio das fronteiriças quimeras:
Guardião, Rebelde servil. Desbravada.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 29/08/2006
Código do texto: T227828
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:23)
Antonio Virgilio Andrade