Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por onde anda a inspiração

Não há mais o que escrever.
Os motivos para fazê-lo começam a sumir.
Vão pelo tempo a desaparecer.
Onde encontrá-los é fácil,
mas quem disse que os mesmos existem?
Loucura é pensar que tudo é pra sempre.
Loucura é imaginar que palavras são eternas.
Palavras são apenas demostranção clara
de um estado momentâneo, sendo o momento durável ou não.
Palavras são palavras.
E quem se importa? Eu não.
Não escrevo pra você, escrevo pra mim.
(E você, escreve pra quem?)
Se pareço engraçado, se pareço dramático,
não procuro te tocar, mas somente me livrar
da falta que me faz.
Me livrar do que não consigo encontrar.
Me livrar de vez do que me deixou,
mas sempre procura voltar.
Fontes
Enviado por Fontes em 29/08/2006
Código do texto: T228189
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fontes
São Paulo - São Paulo - Brasil
36 textos (2961 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:55)
Fontes