Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cantador


Eu sou filho do sertão
De minha terra não saio!
E, com o pé, não “ispáio”
O que ajunto com a mão.
No Conselho, meu irmão,
Compareci, sem temor.
Onde aprendi, por amor,
A cantar a liberdade,
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

Tem que ser filho do vento,
Beijar a boca da noite,
Suportar a dor do açoite,
Respeitar o Firmamento,
Buscar o Conhecimento,
Ser um homem de valor!
Pois, pra ser bom trovador
Carece ter humildade...
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

Há que correr os Gerais,
Pra ser poeta aprovado!
Não basta só o legado
Deixado por Ancestrais.
Precisa honrar os pais,
Ter a Bênção do Senhor,
Ser um arsenal de amor,
Companheiro, na verdade,
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

É necessária ternura,
Se quiser tocar o chão,
Para fecundar o grão
E colher fruta madura!
Imaculada é a candura
Das obras do criador.
Pobre do escarnecedor
Que ri da simplicidade!
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

Busquei temperar meu canto
Trinando com o passaredo,
Construindo meu enredo
Com magia, com encanto.
É por amor, que decanto
Do nascente ao sol se pôr!
Sem ter anel de doutor,
Canto na totalidade:
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

A vida é uma escola,
O mundo minha oficina,
O verbo, a matéria fina,
Meu instrumento é a viola!
Eu não vivo de esmola,
Procuro ser benfeitor.
Já meu canto, matador,
É um dom da Divindade.
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

Enquanto for ser vivente,
Vou fazer o meu banzé.
Irei pelejar com fé,
Ter o coração valente,
Ser amigo dessa gente,
De cultura e de valor!
Ao meu Brasil sonhador,
Toda minha lealdade.
Não existe faculdade
Que diploma cantador.

A a
Enviado por A a em 31/08/2006
Código do texto: T229845
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A a
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
22 textos (3603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:35)
A a