Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A INTRUSA.

Hoje vivi uma grande tristeza dentro de mim,
Pois percebi que tenho vontade de ser uma ponte,
E, no entanto, tenho sido um muro vivo separando vidas.
Esta consciência me entristeceu demais...
 
Abalada senti o terror abater a minha alma angustiada.
Pessoas a minha volta não perceberam nada em mim.
No entanto meu coração sangrava e dói como nunca.
O pavor me alcançou, e agora tenho medo de me perder.

Não sei se vou suportar tanta dor dentro de mim!
Já vivi dias tristes na minha vida, na mais profunda escuridão,
Agora tudo que queria, era a felicidade e um grande amor.

Mas cheguei tarde, pois me sinto intrusa na vida de quem amo.
Este sentimento de incomodo é triste e desconfortante, ainda mais,
Quando existe no coração de quem quer apenas amar e ser amada.
Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 01/09/2006
Código do texto: T229960

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:49)
Glaucia Duarte