Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

loucura II

           Será que somos um rebanho de milhões de cegos,
                                   vendo a casa cair,
         Será que não escutamos os gritos mudos e oprimidos,
                     Ou não tocamos na miséria dos calados,
                             Razão que nos faz refletir,

             Que luta é essa que só faz matar quem já está morto.
                                 Amar quem me odeia,
                                Babar quem me cospe,
                            Somos escravos do novo estado,
                                  O estado dos sãos.

                                Defenda a nova cultura,
                            Não é a sociedade alternativa,
                                     Nem adam smith
            É a igualdade do homem sobre todos os aspectos
                         Seja nos dias claros ou escuros.
      Onde tudo que se junta, acaba destruído por um bem único
                                          O seu.
giullyano cordeiro dos santos
Enviado por giullyano cordeiro dos santos em 01/09/2006
Reeditado em 13/05/2010
Código do texto: T230396
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
giullyano cordeiro dos santos
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 28 anos
56 textos (34916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:44)