Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia perdida ou seu nome que não posso dizer

Dentro da cabeça obtusa
Pensamentos colidem
Com as paredes da imaginação
Memórias ,objetos,fantasmas

Luzes piscam aleatórias
O fundo da alma borbulha
E a mão do vento soletra
Uma canção azeda

A vida passou por mim
Mas nem tudo esta perdido
Ainda tenho a poesia
E posso cantar outra canção

Enquanto o sol amarelo
Se desprende do chão
Existe um fogo em sua agua
Braços alimentando os céus!

setembro 2006

não sei quem é o autor da foto
carlos assis
Enviado por carlos assis em 03/09/2006
Código do texto: T231636
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos assis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
3123 textos (126871 leituras)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:04)
carlos assis