Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANHÃ DE SETEMBRO



O frio é intenso
Mãos geladas
O vento uivando no telhado
Movendo e removendo
Folhas caídas
Arvores torcidas
Corações esquecidos
Gelo sem medida
Tremem os incautos
Sofrem os sem-teto
Nas mazelas da vida
Dormem descobertos
Dor sentindo
Dói o frio no corpo
Dói o frio na alma
Dói no coração
Um fogo no chão
Ou numa lata
Mãos tremulas
A buscar calor
Buscar alento
Buscar alimento
Buscar esperança
Numa manha fria
Inverno de setembro
Sonham com ajuda
Com igualdade
Com guarida
Com apoio
Com trabalho
Com doações
Com soluções
Sonham com dezembro
Com o sol escaldante
Sonham e tem esperança
De uma vida mais igual
Mais feliz
Todo setembro
Sentem frio e sonham
Na dor
Sonham com amor
Sonham
Sonham
Sonham...
gilmar griep
Enviado por gilmar griep em 04/09/2006
Código do texto: T232287
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gilmar griep
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil
166 textos (20586 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:34)
gilmar griep